Live Chat: solução para Ensino à Distância em tempos de pandemia

Live Chat: solução para Ensino à Distância em tempos de pandemia

O uso da tecnologia na educação já estava em expansão, mas é inegável que a pandemia acelerou ainda mais esse processo. O ensino à distância deixou de ser uma opção entre muitas e passou a ser a única alternativa possível.

A Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, alterou o modo de vida de toda a população mundial. Atividades que antes eram corriqueiras precisaram ser alteradas enquanto cientistas trabalham para encontrar uma cura para o vírus.

Uma das principais orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) é praticar o distanciamento social na tentativa de frear o avanço da doença. Para muita gente, isso significa uma nova maneira de lidar com o trabalho, com as relações pessoais e com os estudos.

De acordo com dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), a pandemia causou o fechamento de escolas em quase 200 países. Em todo o mundo, 1,5 bilhão de estudantes tiveram suas rotinas afetadas pelas medidas de isolamento social.

Com cerca de 60% de todos os alunos do mundo dentro de casa, instituições de ensino precisaram se reinventar rapidamente. Como adaptar um processo que funcionava de forma presencial para uma nova realidade, à distância? A resposta veio da tecnologia, com mecanismos de E-learning.


# Receba conteúdos exclusivos do nosso blog!


E-learning antes da pandemia

Mesmo antes da pandemia, a adoção do E-learning já estava em crescimento. Em 2019, os investimentos globais em tecnologia educacional chegaram a um número recorde de quase 19 bilhões de dólares. Até 2025, a previsão é de que o mercado de educação online alcance o patamar de 350 bilhões de dólares.

Seja com o uso de aplicativos para prática de idiomas, aulas ministradas virtualmente, ferramentas de videoconferência e troca de mensagens ou software focado no aprendizado online. Todas essas soluções já experimentavam um aumento significativo de uso antes da Covid-19.

E-learning em tempos de pandemia

O uso da tecnologia na educação já estava em expansão, mas é inegável que a pandemia acelerou ainda mais esse processo. O ensino à distância deixou de ser uma opção entre muitas e passou a ser a única alternativa possível.

O medo de que esse crescimento acontecesse forma rápida demais e com pouco planejamento deu lugar a exemplos bem-sucedidos. A Universidade de Zhejiang conseguiu colocar mais de 5 mil cursos online em apenas duas semanas, priorizando a manutenção do período escolar dos universitários.

Com essa necessidade de mudança repentina nas salas de aula em muitas partes do mundo, a dúvida é se a adoção do E-learning vai continuar após a pandemia. E mais: como essa mudança afetaria o mercado educacional mundial?

Especialistas já apontam que o futuro deve trazer um modelo híbrido de educação. Parte dela deve continuar presencial, mas com o aprendizado online ganhando mais destaque e se tornando parte do dia a dia dos estudantes. A experiência enfrentada pelas instituições durante a pandemia vai ser fundamental para isso.

E-learning e suas vantagens

Alguns pontos são importantes quando se fala em E-learning. É fundamental que o aluno tenha um equipamento preparado para receber a solução que está sendo disponibilizada. Uma conexão à internet de qualidade também é imprescindível.

Quando os pré-requisitos para um ensino online à distância são preenchidos, já existe evidência de que ele é mais efetivo do que o ensino presencial. Em média, os alunos retêm entre 25 e 60% mais informação quando aprendem online. Quando as aulas acontecem apenas de forma presencial, esse número gira em torno de 10%.

Isso acontece principalmente porque os estudantes conseguem aprender mais rápido quando a aula é online. O E-learning requer até 60% menos tempo de aprendizado do que em uma sala de aula tradicional. A explicação é simples: à distância, os alunos podem aprender de acordo com o próprio ritmo, voltando e relendo alguma informação ou acelerando e pulando conceitos que já conhecem.


# Receba conteúdos exclusivos do nosso blog!


A importância da Experiência do Usuário

Para oferecer um serviço de E-learning que cumpra seu objetivo e garanta o aprendizado dos estudantes, é muito importante pensar na Experiência do Usuário. Imagine a situação: você vai para a terceira hora de aula seguida e tenta abrir um material de ensino, mas a ferramenta pede diversas informações diferentes para fornecer o acesso.

Ou você tenta assistir uma aula online e o tocador de vídeo simplesmente não funciona, impossibilitando o acompanhamento da apresentação. Para garantir o engajamento dos alunos e fazer com que o aprendizado online realmente seja mais rápido, todos os pontos de contato precisam ter um bom resultado.

E esse pensamento deve ser investido não só no funcionamento das ferramentas, mas na forma como o usuário consegue pedir ajuda ou solicitar um atendimento. Caso algo dê errado, a solução precisa ser apresentada rapidamente. Atendimento de qualidade também é Experiência do Usuário.

Como o Live Group Chat pode ajudar

Se em uma aula presencial a comunicação é importante, no ensino à distância ela é primordial. Estudantes e professores precisam manter o diálogo o tempo todo. E esse é um dos grandes desafios impostos pelo distanciamento na rotina educacional.

Ferramentas como o Live Group Chat funcionam como aliadas nesse momento. Elas permitem que a conversa aconteça em tempo real, enquanto uma aula é ministrada, por exemplo. E sem que os participantes precisem sair da janela em que a transmissão acontece.

A criação de grupos de conversa customizáveis realça um sentimento importante neste momento: o de que o estudante faz parte de uma turma, fomentando debates e troca de conhecimento e de opiniões. Assim como acontece em uma sala de aula.

Quer conhecer a solução da Arena que permite a criação ilimitada de chats para eventos ao vivo? Faça um teste grátis de integração no seu site agora mesmo.


signup free arena live chat